Início Universidade Pós-doutorado em Engenharia Elétrica na USP com Bolsa da FAPESP

Pós-doutorado em Engenharia Elétrica na USP com Bolsa da FAPESP

78
0
COMPARTILHAR
Projeto Temático da Poli-USP desenvolverá instrumentação científica para o experimento ALICE do LHC-CERN. Inscrição até 20 de julho (foto: CERN/ALICE/Wikimedia Commons)

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) oferece duas vagas para pós-doutorado vinculadas ao Projeto Temático intitulado “Desenvolvimento de Instrumentação Científica para o Experimento ALICE do LHC-CERN”, com supervisão do professor Wilhelmus Van Noije . As inscrições vão até dia 20 de julho de 2017.

O objetivo das atividades a serem realizadas pelo bolsista é pesquisar como o ASIC (Application Specific Integrated Circuit) proposto para ser utilizado no TPC (Time Projection Chamber) do experimento ALICE (A Large Ion Collider Experiment) pode ser adaptado para outras aplicações, de forma que a tecnologia e os circuitos desenvolvidos possam ser absorvidos pela indústria e outros centros de pesquisa nacionais e/ou internacionais.

A adaptação do ASIC envolverá a utilização dos blocos funcionais IPs projetados, tais como Charge Sensitive Amplifier, Semi-Gaussian Shaper e Analog-to-Digital (ADC) Converter.

Os candidatos deverão ter doutorado recente em microeletrônica, em um tópico relacionado ao design analógico ou sinais mistos. Além disso, pelo menos uma publicação em uma revista indexada de alta qualidade de microeletrônica, experiência com simulações de AMS (analógicas e de sinais mistos) e com design analógico/RF, layout e ferramentas.

Mais informações sobre as exigências para a vaga estão disponíveis em www.fapesp.br/oportunidades/1651 e em www.fapesp.br/oportunidades/1652.

As bolsas terão duração de 24 meses e os interessados devem enviar mensagem para noije@lsi.usp.br.

As vagas estão abertas a brasileiros e estrangeiros. Os selecionados receberão Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso os bolsistas de PD residam em domicílio diferente e precisem se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderão ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.

Por Agência FAPESP