Início Cultura Amamentação: Centro Cultural da USP sedia exposição itinerante “Tenho Peito”

Amamentação: Centro Cultural da USP sedia exposição itinerante “Tenho Peito”

59
0
COMPARTILHAR
O Centro Cultural da Prefeitura do Campus USP de São Carlos (PUSP-SC) sedia, de 1º a 20 de agosto, a exposição itinerante “Tenho Peito” com fotografias de Mariana Ignatios e curadoria de Lívia Martucci.
A mostra traz à tona a discussão sobre as dificuldades, a importância e os benefícios da amamentação prolongada, pois de acordo com recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), o leite materno deve ser oferecido até, pelo menos, dois anos completos de vida. Com imagens de doze mulheres que encararam as inúmeras questões relativas a esta decisão de amamentar seus filhos por mais de 12 meses, a exposição terá em cada imagem depoimentos pessoais sobre a amamentação prolongada.
Foi concebida como itinerante, com as impressões feitas em banners, para a Semana Mundial de Aleitamento Materno de 2016 e exposta no SENAC São Carlos. No primeiro semestre de 2017, esteve em diversas unidades e campi da UFSCar. Agora na USP São Carlos, ela faz parte da programação da Semana Mundial do Aleitamento Materno 2017.
Palestra
Como abertura desta programação, será realizada nesta terça-feira, dia 1º, a palestra “Políticas Públicas de Incentivo ao Aleitamento Materno” com Maria Teresa Cera Sanches, do Instituto de Saúde da Secretaria Estadual de São Paulo, às 19 horas, no Auditório Centro Cultural USP São Carlos.
Maria Teresa é fonoaudióloga clínica e hospitalar formada pela PUC-Campinas (1987), tem mestrado em Saúde Materno-Infantil (2000) e doutorado em Epidemiologia (2005) ambos com tema de aleitamento materno, pela FSP–USP. Na Saúde Pública, atuou por 15 anos em maternidades públicas (alojamento conjunto, UTI-Neonatal, Banco de Leite Humano) credenciadas com o título “Amigo da Criança”-MS/OPAS/UNICEF. Atualmente é pesquisadora do Instituto de Saúde, da SES/ SP e capacitadora oficial para cursos em “Aconselhamento”, “Manejo da Amamentação” e “Método Canguru”, do qual é consultora do Ministério da Saúde, até os dias de hoje. Faz parte da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.
Acesso ao Centro Cultural pela Av. Dr. Carlos Botelho, 1465.
Mais informações:
Tel.: (16) 3373-8027