Início Universidade Unesp abre vagas para professores substitutos em Botucatu

Unesp abre vagas para professores substitutos em Botucatu

55
0
COMPARTILHAR
Uma das vagas é para regime de 12 horas semanais, com salário de R$ 1,2 mil, e a outra é para regime de 24 horas semanais, com salário de R$ 3,2 mil

O Departamento de Anatomia do Instituto de Biociências de Botucatu (IBB), da Unesp, recebe inscrições até 26 de janeiro para o processo seletivo de duas vagas de professores substitutos, com contratos de duração de até 10 meses.

Uma das oportunidades é para regime de trabalho de 12 horas semanais, com salário de R$ 1.283,91. O candidato selecionado ministrará as disciplinas “Anatomia Humana”, “Anatomia Aplicada à Enfermagem”, “Neuroanatomia e Neurobiologia” e “Anatomia e Exterior dos Animais Domésticos I”.

Na segunda vaga, o professor substituto trabalhará sob regime de 24 horas semanais e receberá R$ 3.259,09. As aulas são “Anatomia Humana”, “Anatomia Aplicada à Enfermagem”, “Neuroanatomia”, “Anatomia Geral e Humana”, “Anatomia e Exterior dos Animais Domésticos I” e “Anatomia e Exterior dos Animais Domésticos II”.

As inscrições serão recebidas, em dias úteis, no horário das 9 às 11 horas e das 14 às 17 horas, na Seção Técnica de Comunicações do IBB-Unesp, situado na rua Professor Doutor Antonio Celso Wagner Zanin, 250, Rubião Júnior, em Botucatu, SP. A taxa de inscrição custa R$ 93. Poderão se inscrever graduados em cursos superiores de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde ou Ciências Agrárias que tenham, no mínimo, título de Mestre.

O processo seletivo constituirá de prova de títulos e prova prática. Na primeira, serão avaliados os últimos cinco anos para as atividades científicas e didáticas dos candidatos. Na prova prática, o critério de seleção será a correta identificação das estruturas anatômicas indicadas com base na terminologia anatômica.

O resultado do concurso público será publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Mais informações sobre as inscrições e o processo seletivo em https://goo.gl/YkSVys e https://goo.gl/FSRBgy.

Por Agência FAPESP